Centro Israelita | As quatro taças de vinho tomadas no Pessach
21383
post-template-default,single,single-post,postid-21383,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

As quatro taças de vinho tomadas no Pessach

As quatro taças de vinho tomadas no Pessach

Tradicionalmente, nas refeições normais de Shabat e dias de festa, se servem duas taças de vinho, sendo a primeira apreciada depois de se recitar o Kidush, no começo da refeição. A segunda é cheia e erguida enquanto se reza a Oração de Ação de Graças, após a refeição. Por ser Pessach a Festa da Liberdade, uma comemoração tão simbólica e memorável, acrescentam-se duas taças durante o Seder.

Uma delas (a segunda a ser bebida) aparece logo após a leitura da Hagadá, imediatamente antes de se servir a refeição. A outra (a quarta da noite) é consumida no fim do serviço, logo antes de se entoar as últimas canções e hinos. Outras explicações para isso tem sido oferecidas, e a mais popular estabelece que tomam-se quatro taças porque a Bíblia usa quatro verbos diferentes para descrever o drama da redenção do cativeiro do Egito. As quatro citações a tal fato podem ser encontradas no Livro de Êxodo: 1 – E vos TIRAREI de baixo das cargas do Egito; 2 – E vos SALVAREI do seu serviço; 3 – E os REDIMIREI com braço estendido, e com grandes juízos; 4 – E vos TOMAREI por Meu povo.

 

No Comments

Post A Comment