Centro Israelita | Centro celebra 100 anos semeando o futuro
18672
post-template-default,single,single-post,postid-18672,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Centro celebra 100 anos semeando o futuro

Centro celebra 100 anos semeando o futuro

A plantação de 10 mudas de árvores na Praça Lupicínio Rodrigues, no bairro Menino Deus, marcou o dia em que uma das mais tradicionais entidades judaicas de Porto Alegre, o Centro Israelita, completou 100 anos. A ação socioambiental ocorreu na tarde desta terça-feira, 12/09, e reuniu membros da comunidade judaica e autoridades como o secretário municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, e o vereador, Valter Nagelstein. Para o presidente da sinagoga, Flavio Lermann, o ato simboliza e caracteriza todo trabalho histórico feito pela sinagoga ao longo destes 100 anos de existência.

O secretário Ramiro ressaltou que a comunidade judaica traz vida à cidade de Porto Alegre. “Sigam sendo um farol de liberdade e humanitário para a nossa Capital”, disse. Para o membro da diretoria e da Comissão de Culto & Educação da entidade, Cidio Halperin, a ação na Praça Lupicínio Rodrigues marca a integração da comunidade judaica com a cidade. “Dentro desse marco do centenário da nossa entidade, precisamos ressaltar que não teríamos como ocorrer sem a colaboração da comunidade”, destacou.

A primeira árvore foi plantada pela ativista comunitária Sarah Gerber, que tem mais de 90 anos de idade e frequenta a sinagoga há 75 anos. Depois, vieram o secretário Ramiro, o vereador Valter, Albert Poziomyck, vice-presidente executivo da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, o presidente Flavio, Cidio, Arão Krost, que presta ser serviço incansável à sinagoga, Rodrigo Kijner, que faz Bar Mitzvá nesta semana, Felipe Nemetz (Chazit) e Eduardo Oliven (Betar), representando as tnuot de nossa comunidade, e o rabino Marcos Perelmutter, que também encerrou a solenidade tocando o Shofar.

Em um encontro de gerações para semear o futuro de nossa comunidade e nossa cidade, resta dizer: Mazal Tov, Centro Israelita!

 

No Comments

Post A Comment