Centro Israelita | Como é a dinâmica do calendário judaico?
19912
post-template-default,single,single-post,postid-19912,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Como é a dinâmica do calendário judaico?

Como é a dinâmica do calendário judaico?

O calendário judaico atual atingiu sua forma atual há mais de 1.600 anos. E ele possui algumas curiosidades. Vamos a elas?

  • os seguintes meses sempre têm 29 dias: Iyar, Tamuz, Elul, Tevet e Adar.
  • Os seguintes meses sempre têm 30 dias: Nissan, Sivan, Av, Tishrei e Shvat.
  • o mês de Cheshvan, algumas vezes chamado de Mar-Cheshvan (“mar” significa “amargo”) pelo fato de não ter nenhum feriado, e Kislev são meses flutuantes. Ou seja, pode ter 29 ou 30 dias dependendo dos ajustes que se façam necessários.
  • em um ano bissexto (que ocorre 7 vezes a cada 19 anos), como 5779, um segundo mês de Adar é adicionado ao calendário, totalizando 13 meses. Nestes casos, Adar I passa a ter 30 dias e Adar II, 29.
No Comments

Post A Comment