Centro Israelita | O que e como recordamos e festejamos em Chanuka?
19033
post-template-default,single,single-post,postid-19033,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

O que e como recordamos e festejamos em Chanuka?

O que e como recordamos e festejamos em Chanuka?

Chanuka é a festa da reinauguração do Templo. Quando os macabeus recuperaram o Templo dizimado pelos gregos, encontraram somente um frasco de azeite intacto com o selo do Sumo-Sacerdote. Com este óleo, acenderam a Menorá, e o seu fogo brilhou por oito dias, embora inicialmente o azeite fosse suficiente para apenas um. E é este milagre que estaremos festejando a partir da próxima semana acendendo, a cada dia, uma das oito velas de nossa Chanukiá.

No primeiro dia, se recitam as três bênçãos abaixo antes de se acender o Shamash e a primeira vela:

1) Baruch atá Adonai Eloheinu melech haolam asher kideshanu bemitzvotav vetzivanu lehadlik ner shel Chanuka.

2) Baruch atá Adonai Eloheinu melech haolam sheasá nisím laavotenu baiamim hahem bazmán hazé.

3) Baruch atá Adonai Eloheinu melech haolam shehecheianu vekiemánu vehiguianu lazman hazé.

Em seguida, lemos o parágrafo de Hanerot Halalu:

“Nós iluminamos essas velas para os salvadores, milagres e maravilhas que você fez pelos nossos antepassados naqueles dias, por meio de seus santos sacerdotes. Essas luzes são sagradas durante os oito dias de Chanucá, e não temos permissão para usá-las de modo algum, mas apenas para observá-las para agradecer e louvar Seu grande Nome, por seus milagres, maravilhas e salvações.”

Importante: nas demais noites, recitamos as duas primeiras bênçãos, acendemos a quantidade de velas correspondentes da direita para a esquerda e recitamos Hanerot Halalu.

No Comments

Post A Comment