Centro Israelita | Uma interpretação sobre o mês de Tamuz
20688
post-template-default,single,single-post,postid-20688,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Uma interpretação sobre o mês de Tamuz

Uma interpretação sobre o mês de Tamuz

No 17º dia de Tamuz, Moisés desceu do Monte Sinai com as Tábuas da Lei, trazendo ao mundo o firmamento, o poder e a energia contidos nas mesmas. No entanto, o povo, enquanto o esperava, construiu o Bezerro de Ouro, Moisés, ao vê-lo, quebrou as tábuas.

Dizem os nossos sábios: se não fizermos um esforço interno de amarmos os nossos próximos como a nós mesmos, estaremos naturalmente elegendo o Bezerro de Ouro, um pecado, para guiar as nossas vidas. Ou seja, estaremos dando um passo para destruir nossa tradição.

Neste início do quarto mês de nosso calendário, fica este pensamento. Chodesh Tamuz Tov!

No Comments

Post A Comment